Quem desejar levar o seu amigo de 4 patas a banhos, num espaço com as condições necessárias para a permanência e circulação de animais de companhia, passa a dispor desta opção no concelho de Odemira.

Na zona balnear de uso canino, são aplicadas as seguintes regras de utilização. Uso obrigatório de coleira ou peitoral e açaime ou trela no animal, assim como meios de contenção, no caso de cães de raça perigosa. O registo e licenciamento dos animais são obrigatórios, implicando a existência de boletim sanitário e prova de identificação eletrónica (renovação anual). A recolha dos dejetos por parte dos detentores de animais é obrigatória. A utilização da praia por animais feridos ou doentes não é permitida.

Recomendações. Mantenha o animal sob vigilância constante. Respeite o espaço de lazer de todos. Disponibilize água potável ao animal. Utilize o saco de recolha de dejetos, disponível em equipamento próximo.

Com esta nova resposta, “As Melhores Praias de Portugal” ficaram ainda mais completas e atrativas explicou a CM de Odemira, em comunicado.

No seguimento das vistorias às praias de Bandeira Azul, foi visitada a praia de uso canino, com a presença do vice-presidente da Câmara Municipal de Odemira, Ricardo Cardoso, do Patrão-Mor da Capitania do Porto de Sines, Rito Martins, a Autoridade de Saúde, Alda João, da Presidente da Junta de Freguesia de Longueira/Almograve, Glória Pacheco, e de Joaquim Cunha, da Agência Portuguesa do Ambiente.