De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado hoje, estão agora internadas 764 pessoas (mais 56 do que no sábado), das quais 104 em cuidados intensivos (tantas quantas as que estavam no sábado).

Das 12 mortes, cinco ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, uma na região Norte, duas no Algarve e quatro na Região Autónoma da Madeira.