De acordo com o boletim epidemiológico da DGS divulgado hoje, estão agora internadas 288 pessoas, mais duas do que na quarta-feira, das quais 58 em unidades de cuidados intensivos, o mesmo número de quarta-feira.

Os oito óbitos foram registados nas regiões de Lisboa (2), Norte (1), Centro (3), Alentejo (1) e Algarve (1).

Cinco das vítimas mortais tinham mais de 80 anos, uma entre os 70 e os 79 e duas entre os 60 e os 69 anos.