O corredor bateu José Neves (W52-FC Porto), que conseguiu o segundo melhor tempo, e o colega de equipa, Rafael Reis, que terminou na terceira posição.

Após a etapa de montanha que decorreu na parte da manhã, os corredores tiveram pela frente um contrarrelógio de 8,4 quilómetros, durante a tarde, em Castelo de Vide.

Fábio Costa (Efapel) foi quem marcou o ritmo deste contrarrelógio, ao registar um tempo de 12m42s, que o manteve na liderança durante uma boa parte da prova. O novo melhor tempo viria a surgir por parte de Jorge Magalhães (W52-FC Porto), que completou o percurso em 12m35 segundos, tirando assim sete segundos ao tempo registado por Fábio Costa.

José Neves (W52-FC Porto) chegaria a todo o gás, tirando o lugar do topo ao colega de equipa, ao gastar apenas 12m15s segundos na prova.  Tão perto do final do contrarrelógio e com os últimos corredores a partir, a vitória estava cada vez mais perto para o campeão nacional de fundo. No entanto, Maurício Moreira (Efapel) surgiu para bater o tempo de José Neves por menos de um segundo.

Com este resultado, Maurício Moreira é agora o líder da classificação geral e amanhã vai partir de amarelo. Com o segundo lugar neste contrarrelógio, José Neves ocupa o segundo lugar da geral, a apenas três segundos do corredor da Efapel, e Rafael Reis segue para a última etapa em terceiro, a 10 segundos do líder.