Está a decorrer a obra de construção da ETAR de Santana da Serra, que tem um custo de quase 165 mil euros, comparticipada em 85% pelo POSEUR e que é um anseio de há muito das populações.

Segundo fonte do município, “são dois investimentos ambientais que em muito contribuirão para a manutenção das adequadas condições de meio ambiente para as atividades agroalimentares e para o usufruto singular das paisagens”.

As Estações de Tratamento de Águas Residuais - ETAR – “são infraestruturas de extrema importância para a despoluição de múltiplos cursos de água para onde, diariamente, são canalizados através das redes de esgotos, grandes cargas de efluentes poluentes de forma quase ininterrupta, acrescentou a mesma fonte.