Segundo fonte da GNR, “a ação incidiu na fiscalização de estabelecimentos de restauração e bebidas, tendo sido fiscalizados 11 estabelecimentos, tendo resultado na elaboração de 27 autos de contraordenação, e na deteção de dois crimes”.

Da operação que contou com o reforço da Unidade de Ação Fiscal de Lisboa e da Unidade de Intervenção, resultou um crime de tráfico de estupefacientes, um crime por jogo ilegal, 21 autos de contraordenação no âmbito do regime de acesso e de exercício de diversas atividades de comércio, serviços e restauração, três autos de contraordenação por consumo de estupefacientes e três autos de contraordenação relacionados com o Imposto sobre o Álcool e as Bebidas Alcoólicas.

Foram ainda apreendidas 120 doses de haxixe, uma máquina de jogo de fortuna ou azar e 205 euros em numerário.

O detido por tráfico de estupefacientes, um homem de 28 anos, está neste momento a ser presente ao Tribunal Judicial de Santiago do Cacém, para aplicação de medidas de coação.